Método de Grumbach

Gestão Estratégica Integrada

O método Grumbach foi idealizado por Raul Grumbach, fruto de estudos realizado na Espanha em 1989 e 1990. Desde essa época, o método tem sido aperfeiçoado pela equipe da Brainstorming. É, portanto, um método desenvolvido por brasileiros, adequado às instituições nacionais, e com toda tecnologia de softwares em português. 

Esse modelo vai além das ferramentas básicas de planejamento estratégico tradicional, agregando às mesmas a metodologia de cenários prospectivos, o que permite uma gestão estratégica de médio e longo prazos e sistematizando as etapas de desdobramento, execução e monitoramento da estratégia em uma abordagem alinhada com a gestão por processos (BPM), gerenciamento de projetos, gestão de riscos e inteligência. No método Grumbach a gestão estratégica inclui, ainda, a análise da postura estratégica dos atores face aos cenários alternativos identificados como possíveis. O propósito dessa análise é identificar parcerias estratégicas que permitam passar de uma postura preativa para uma postura proativa em direção à construção de um futuro melhor. 

A metodologia enfeixa o ciclo do processo de gestão estratégica, com a priorização e o ordenamento das iniciativas estratégicas e seu monitoramento. O monitoramento, em tempo real, por meio de indicadores, permite o ajuste entre os objetivos de longo prazo da organização e a execução das iniciativas estratégicas, necessárias para atingir aqueles objetivos, no presente. 

O método Grumbach possui as seguintes características:

  • Seu emprego é facilitado pela utilização de softwares que automatizam os procedimentos previstos em cada uma de suas etapas;

  • Adota o enfoque sistêmico em que a instituição objeto de um estudo de planejamento estratégico e cenários prospectivos é tratada como um sistema aberto, que influencia e é influenciada pelo seu ambiente;

  • Emprega intensivamente modelagem matemática e ferramentas de pesquisa operacional;

  • Gera cenários prospectivos por simulação ‘Monte Carlo’, utilizando variáveis binárias para modelar as questões estratégicas, procedimento que oferece os seguintes benefícios:

    • Construção de um número finito de cenários;

    • Análise conjunta de diversas variáveis;

    • Análise de interdependência entre as variáveis;

    • Acompanhamento da dinâmica dos cenários;

  • Emprega princípios da “Teoria dos Jogos” para modelar a forma de agir dos atores (pessoas, empresas e governos);

  • Emprega técnicas de análise multicritério para priorização das iniciativas estratégicas;

  • Emprega os princípios do BSC para monitorar os objetivos e iniciativas estratégicas;

  • Integra o planejamento estratégico aos orçamentos de curto e médio e longo prazos;

  • Analisa os riscos estratégicos com metodologias alinhadas com as normas internacionais;

  • Emprega técnicas de inteligência estratégica para o monitoramento do ambiente estratégico, possibilitando decisões tempestivas para neutralizar as ameaças e potencializar as oportunidades. 

  • Priorização das iniciativas estratégicas, com o emprego de técnicas de multicritério;

Em síntese, o “Método Grumbach” se fundamenta em conceitos de:

  • Planejamento estratégico com visão de futuro baseada em cenários prospectivos, empregando simulação “Monte Carlo”;

  • Análise de parcerias estratégicas, levando em conta princípios da “Teoria dos Jogos”

  • Monitoramento de indicadores de objetivos aplicando princípios do BSC;

  • Gestão de riscos conforme o preconizado nas normas internacionais; e

  • Monitoramento do ambiente com emprego de técnicas de inteligência estratégica.